01 outubro 2013

O Pequeno Príncipe
Cris Compagnoni dos Reis07:33 5 comentários



 Nunca se é velho de mais para ler esse clássico da Literatura Infantojuvenil, não sei especificar um motivo para não tê-lo lido antes, apenas que ele passou pelas minhas mãos neste momento e eu não resisti. Acho que sempre quis saber qual era a mágica que envolvia essa história, o que a faz ser tão lida e há tanto tempo, e porque que cada vez mais as pessoas colocam essa obra entre os seus livros favoritos, é exatamente isso que faz de um livro um clássico ter a capacidade de cativar leitores de todas as épocas. É uma história comovente e encantadora que deixou esta leitora aqui com a alma leve, não digo se sentindo criança novamente mas com aquela esperança, aquele sentimento de que tudo é possível, a redescoberta dos sonhos.



"Verdades de Facebook" 1
O Pequeno Príncipe é um menino que vive sozinho em um planeta muito pequeno, adora observar o por do Sol e cuida de uma rosa que é a principal fonte das suas preocupações. Ele viaja pelo espaço para conhecer outros planetas, estrelas, cometas e seus moradores, encontra personagens com personalidades distintas cada um com as suas excentricidades e questiona cada um deles na tentativa de compreender as diversas formas de enxergar a vida nunca se contenta em ficar sem respostas ou com respostas evasivas, ele é um “perguntador” exigente e insistente.

"Verdades de Facebook" 2
 A cada lugar que ele visita e cada pessoa que ele conhece lhe agregam conhecimentos e reflexões, ele aprende que a felicidade está nas coisas simples e tantas outras lições (citações da obra) que hoje são tidas como “verdades de Facebook”. Mas há muito mais em se aprender com essa história do que as citações que se popularizaram nas redes sociais, é algo mais amplo e abrangente, de caráter, de humanização, de aprender a dar valor as coisas que são realmente importantes. É por isso que esse não é um livro apenas para crianças, na verdade acho que os adultos precisam muitos mais das lições do Pequeno Príncipe do que as crianças!


"Verdades de Facebook" 3
Quando criança eu assistia ao desenho animado baseado nessa história, isso já tem um bom tempo mas pelo que me recordo os episódios me transmitiam a mesma sensação de paz que a leitura do livro. Sei que existe também um filme baseado nessa história mas esse eu desconheço, porem estou muito curiosa pra assistir. É por causa dessa invasão de bons sentimentos que volto a afirmar que nunca se é velho demais para ler O Pequeno Príncipe, não existe uma pessoa a qual eu não recomendaria essa leitura pois é algo que realmente nos faz bem e não se parece em nada com um livro de autoajuda e não está há tanto tempo no mercado literário por mero acaso, é um livro que ensina as crianças a não perderem a sua essência e ensina aos adultos a deixar que se extinga o seu lado criança.
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

5 comentários :

  1. É isso mesmo, Cris! Sempre é tempo de ler o Pequeno Principe,porque as mensagens que ele traz são atemporais. Ele é tão bem construído, que as metáforas nele contidas servem para iluminar os olhinhos das crianças e, ao mesmo tempo, transmitir essa leveza ao coração adulto, como tão bem você comentou. Adorei o que você escreveu. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Orgulhosamente PUBLIQUEI uma 'chamada' para este ótimo artigo no NOVO SITE agregador de LINKS dos Blogueiros do Brasil (( http://omelhordos.blogueirosdobrasil.com/ )).

    Abraços cordiais.

    ResponderExcluir
  3. Olá Cris,
    Já li este livro diversas vezes. Ele é o meu favorito. Também disponho do filme, que é tão lindo quanto. Se você puder adquirir o mesmo, faça. Na minha opinião, e tenho certeza que de outros também, trata-se de um livro infantil que todo adulto deveria ler.

    ResponderExcluir
  4. Já perdi a conta de quantas vezes o li, e quantas assistir o filme (filme, não desenho)...
    simplesmente acho que há lições realmente importantes e relevantes neste livro e, a cada vez que leio, me emociono de forma diferente.

    perfeito, eu diria!


    Te convido a visitar meu blog (em novo endereço) e, se gostar, segui-lo. Será uma honra.
    http://minhacabecablog.blogspot.com.br/

    abraços

    ResponderExcluir