21 maio 2012

A Guerra dos Tronos
Cris Compagnoni dos Reis23:41 4 comentários


Esse livro é o primeiro volume de AS CRÔNICAS DE GELO E FOGO do George R. R. Martin; quis ler porque li uma crítica na internet que comparava essa saga com O Senhor dos Anéis, e ainda afirmava que era melhor que obra de Tolkien, como grande fã da história de Frodo não poderia deixar de ler algo que dizem se comparar a ela.

Ainda não li um livro de fantasia que não me agradasse, gosto muito do gênero, e A Guerra dos Tronos foi a fantasia mais “real” que já li, creio que isso se deve a construção dos personagens, eles são demasiado humanos, complexos, com todas as qualidades e defeitos que uma pessoa pode ter.

A história começa quando o rei Robert vai até o longínquo norte pedir ao seu amigo Eddard, que é o Lorde de Winterfell, que assuma o cargo de Mão do Rei, uma espécie de conselheiro. Ele resiste em aceitar o cargo mas quando sua esposa Catelyn é informada pela irmã viúva do antigo Mão, de que o marido foi envenenado pela rainha Cersei que pertence à poderosa casa Lennister, Eddard resolve aceitar a proposta do amigo e vai para a corte com as suas duas filhas Sansa e Arya.


Gostei do modo como a história é dividida, cada capítulo tem um personagem central:
  • Eddard Stark: Lorde de Winterfell e Mão do Rei, um homem que é honrado e corajoso.
  • Catelyn Stark: esposa de Eddard, uma mulher forte, defende a família e luta por ela.
  • Sansa Stark: A filha mais velha de Eddard, sonhadora, aspira casar-se com o príncipe e se tornar rainha.
  • Jhon Snow: filho bastardo de Eddard, ama os irmãos mas acaba indo para a muralha, abdicando da família e jurando defender o reino de todo o mal que encontra-se ao norte da muralha.
  • Arya Stark: A filha mais nova de Eddard, uma menina corajosa e destemida, quer aprender a lutar com os irmãos enquanto é obrigada a aprender bordado e outras prendas junto com a irmã.
  • Bran: é o filho do meio de Edddard, um garoto esperto que é jogado de uma das torres do Castelo de Winterfell e fica paraplégico. (Eddard têm mais outros dois filhos, que não são tema de nenhum capítulo Rob, o mais velho e Rikon o caçula).
  • Tyrion Lennister: Irmão da rainha Cersei e Jaime Lennister, é um anão astuto e atrevido, conhecido como o Duende. Seu irmão Jaime, gêmeo da rainha, é conhecido como o Regicida, pois assassinou o antigo rei.
  • Daenerys: é a verdadeira herdeira do trono de ferro, aquele onde se senta o rei Robert, quando a sua família foi morta ela e o irmão foram mandados para as cidades livres e lá cresceram com o sonho de reconquistar o trono.

É um livro com quase seiscentas páginas, ou seja, a história é muito grande, mas ao mesmo tempo não é cansativa de ler, esse é um daqueles livros em que a gente não vê as horas passarem quando o pega nas mãos. Me assustei com os seres desconhecidos que se encontram ao norte da muralha de gelo que protege os sete reinos; sofri com a queda de Bran, voltei alguns parágrafos e li novamente pra ver se não tinha entendido errado; admirei as atitudes nobres e corajosas do casal Stark; tive ódio dos Lennister, torci por Jhon, por Rob, por Arya em cada uma das “batalhas” que cada um travou, senti pena de Sansa; me encantei com a força de Daenerys, que aprendeu a ser forte do pior jeito.

E esse é só o começo da história, estou muito curiosa para ler os outros livros. Não consigo comparar com O Senhor dos Anéis pra dizer qual é melhor, são obras diferentes, acho a linguagem de Tolkien mais complexa, enquanto a de George Martin é mais simples, e a fantasia de George Martin é voltada para um público mais adulto, enquanto Tolkien escreve para todas as idades. A magia está mais presente na história de Frodo e quase não aparece na história de Eddard, são universos distintos, e eu consigo me ver vivendo nos dois. 
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

4 comentários :

  1. Achei sua critica muito boa Cris, eu ja li os quatro livros lançados em português e estou aguardando o quinto livro que sai agora em junho, concordo com você que diferente de senhor dos aneis essa é uma saga mais adulta. os livros são muito bons mesmo e não vou comentar muito para não deixar spoilers porem eu acredito que voc~e vai se surpreender com os personagens desta saga. Recomendo que voc~e veja tambem a serie que a HBO está produzindo, está bem fiel a serie e se encontra na segunda temporada que é equivalente ao segundo livro da serie "A Furia dos Reis". Espero que você continue escrevendo.

    Caio de Cillo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Caio!

      Eu vi a primeira temporada da série assim que terminei de ler o livro, sempre leio antes de assistir. E assim que terminar o segundo livro começarei a ver a segunda temporada e postarei sobre o que achei do livro com certeza!

      Excluir
  2. Concordo com seu ponto de vista com relação a serem obras distintas (SDA e GoT). Li essa "crítica" também e como estatístico achei-a deveras tendenciosa heheheh.
    Mas voltando as crônicas do gelo e fogo, creio que a história (não vou escrever estória porque acho muito tosco) tem um ritmo crescente até o terceiro livro. O quarto e quinto perdem um pouco da empolgação e criatividade presentes no demais.
    George Martin diz que teremos 7 livros. Se isso for verdade teremos que aguardar até mais ou menos 2020 pra saber o final dessa saga =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mais difícil é ter que aguardar pra saber o final!
      Hehehehe

      Obrigada pelo comentário Diogo!
      Bjaum

      Excluir