30 novembro 2011

Um Lugar Escuro
Cris Compagnoni dos Reis08:41 10 comentários


Este livro é o primeiro que tem a honra de ter duas postagens dedicadas a ele nesse blog; a primeira foi uma exceção, pois não tinha o lido, mas agora cumpri o meu papel de leitora; já esta segunda postagem tem mais a cara desse blog, já que agora tenho uma relação mais íntima com essa história para compartilhar com os demais leitores. Por outro lado sinto certa insegurança, pois o fato de que o autor Leonardo Zegur entrou em contato comigo através do blog, contato esse que resultou a primeira postagem, é grande a chance de que ele venha a ler o que eu escrevo sobre o livro dele. E agora?

UM LUGAR ESCURO é completamente diferente de tudo o que tenho lido nos últimos tempos, hoje minha mesinha de cabeceira está lotada de fantasia, ficção científica, mitologia, literatura infanto-juvenil; tive um choque de realidade, ta, esse livro pode até ser ficção, mas me pareceu muito real, eu me vi na pele do protagonista, eu senti tudo o que ele descreveu sentir, histórias escritas em primeira pessoa fazem isso comigo, mergulho em um turbilhão de emoções que, naquele momento, são minhas também.

Essa é a história de um cara que não está dentro dos padrões de beleza da nossa sociedade, um cara feio que sempre foi discriminado, excluído, sofreu bullying, nunca foi de fato aceito pela sociedade. Sofreu com a ditadura do belo, com a rejeição das garotas, e decidiu resolver as coisas do seu próprio jeito, com as próprias mãos.


Ler esse livro me fez pensar em muitas coisas, principalmente no que diz respeito à sociedade atual, essa mesmo em que vivo, pois apesar da história ter como pano de fundo o Reio de Janeiro ela se encaixaria perfeitamente na minha cidade, em todas as cidades que conheço e, infelizmente, tenho que concordar com o protagonista que enquanto sujeitos sociais nós estamos no fim do poço. E qual é o meu papel nisso tudo? Será que estou do lado dos que discriminados ou no dos discriminam? Pois mais que seja difícil e triste admitir isso, eu consigo me ver dos dois lados.

É, o choque de realidade foi tão grande que, a história apesar de ser completamente envolvente, pra mim foi uma coadjuvante, os argumentos do protagonista para justificar as suas ações me fizeram refletir muito sobre quem eu sou nesse contexto social em que estou inserida. Ainda não sei se o considero uma vítima, ou um assassino, mas é um personagem muito inteligente, e os que têm essa característica geralmente costumam me cativar, ganhar a minha admiração e simpatia.

Assassinato é uma palavra pesada, é difícil de associá-la a esse personagem, mas é assim que ele começa a agir a partir do momento em que decide que nenhuma garota bonita vai lhe humilhar duas vezes, lhe desprezar, ferir os seus sentimentos, todas que o fazem acabam tendo o mesmo fim trágico: a morte. Em algumas páginas eu o achei um lunático, em outras lhe dava razão; nunca um personagem bagunçou assim o meu raciocínio, tem aquele “q” de Machado de Assis: será que a Capitu traiu ou não o Bentinho? Será que esse personagem tem algum distúrbio ou ele é realmente uma vítima da sociedade que apenas foi um pouco longe demais?

Não esperava que fosse gostar tanto desse livro, a lista de livros que quero ler esta imensa e pretendia deixar este no final, mas aí fui dar uma olhadinha e, curiosa do jeito que sou não consegui largar mais, um dia e meio foi o tempo que levei pra ler, isso que parei várias vezes para refletir sobre aquela filosofia ali exposta. Terminei de ler, mas não de pensar, e não consigo chegar à conclusão alguma, adoro esse efeito que apenas as boas histórias causam.

Aproveitando que o autor pode vir a ler essa postagem, gostaria de deixar registrada aqui uma pergunta: qual o nome desse personagem? Isso é uma coisa que me atormenta enquanto leitora, adoro histórias em primeira pessoa porque consigo me sentir realmente no lugar de que a conta, talvez o protagonista ter um nome me distancie um pouco disso eu sei, mas nem que o nome seja revelado lá no finalzinho, até pra fazer um suspense, eu preciso saber. 
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

10 comentários :

  1. em 2013 voltarei a ler livros que não sejam do Elon Lages Lima !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Cris, adorei a resenha, parabéns... de verdade, parabéns! Estou muito feliz porque consegui alcançar exatamente aquilo que eu queria com este livro, fazer o leitor pensar enquanto viaja em uma literatura interessante e agradável, distanciando-me um pouco do que há de mais contemporâneo em literatura, para resgatar o que de melhor havia nos textos mais antigos.

    www.umlugarescuro.site.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá, gostei muito da tua resenha e o livro parece bem interessante!!! parabéns para o autor e para quem escreveu a linda resenha!!! beijinhos

    http://amazoniaumcaminhoparaosonho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Amei a resenha, o livro parece ser de otima qualidade.


    Sthéfanie Paula Cachoeira Rezena – modaeeu.blogspot.com
    Autora e Coordenadora de Divulgação
    CLUBE DOS NOVOS AUTORES


    Beijinhos, Blanc.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tb li o livro e amei. O livro traz um choque de realidade que muitoooooooos de nós está precisando. Adoreii a resenha!! Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Olá, amiga!! Acabei de lançar a 1ª promo Top Comentaristas de 2012, no Vou-de-Blog! Dá uma olhada: http://voudeblog-promos.blogspot.com/2011/12/promocao-top-comentaristas.html

    Bjinhos.
    Lu

    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  7. Recomendo a todos , pois o drama do personagem aumenta os limites de nosso poder de crítica e nos faz refletir em sentimentos que podemos causar positivamente ou não nas pessoas que "entram" na bagagem de nossa convivência, causando uma melhora na visão de nossos ideais,e com a dor do outro, sem contar seu conteúdo altamente intrigante (em todos os capítulos) sendo um grande convite e exercício à nossa imaginação. Parabéns e até a próxima criação! Duvido que alguém se arrependa desta leitura totalmente envolvente e cheia de suspense!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o livro! ótima indicação!É só ler para ver!Apaixonante... intrigante...comovente!Maria Ivani

    ResponderExcluir
  9. Eu estou a tanto procurando este livro para comprar aqui no Rio de Janeiro, alguém pode me indicar alguma livraria?

    ResponderExcluir