06 dezembro 2010

100 ESCOVADAS ANTES DE IR PARA A CAMA
Cris Compagnoni dos Reis17:19 1 comentários

Esse livro é o diário de Melissa Panarello, uma típica adolescente italiana. Gosto de livros em formato de diários porque assim ele possibilita que conheçamos o personagem profundamente, todas as suas angústias, alegrias, incertezas, enfim, tudo que ele sente e como ele lida com isso. Só que 100 ESCOVADAS ANTES DE IR PARA A CAMA não é apenas um livro em forma de diário, é o relato das experiências vividas pela autora.

Aos 15 anos de idade, Melissa perde a virgindade em uma festa na casa de uns amigos, e assim ela descobre um mundo novo e diferente, o desejo de amar e se sentir amada e a ilusão de encontrar este sentimento através do sexo. As precoces e variadas experiências sexuais vividas por uma colegial entre os 15 e os 16 anos são narradas em primeira pessoa, sem pudores e nem mais palavras.

Durante dois anos a protagonista do livro experimenta as mais diferentes práticas sexuais, como se desejasse, através delas, transcender o corpo. Sexo grupal com desconhecidos, orgias regadas a drogas, sadomasoquismo, homossexualismo: nada detém sua curiosidade, mas seu prazer é tingido de repulsa e insegurança. Em sua busca desenfreada, Melissa acaba caindo em um túnel escuro de humilhação e dor, onde se arrisca a perder para sempre aquilo que tem de mais precioso: ela mesma.


Ela se envolve com homens que encontra em chats na internet, com um professor particular de Matemática, com qualquer um que cruze o seu caminho e demonstre o mínimo de interece nela. Mas todas as noites, antes de ir para a cama, Melissa escova 100 vezes seus longos cabelos, um ritual que aprendeu com a avó, que sempre escovava os seus cabelos como se ela fosse uma princesa.

Esse ritual faz com que o leitor se lembre que Melissa é apenas uma menina, e que esta está perdida, ela sente que a única pessoa que realmente se importa com ela é a avó, mas, a mãe da menina, após uma discussão com a sogra, a interna em um asilo, e ela acaba por falecer. Escovar os cabelos passa a ser então uma purificação para Melissa.

É um livro muito diferente de tudo o que já tinha lido até então, não sei dizer se gostei ou não do livro, li porque fiquei muito curiosa quando tive conhecimento da sua existência. Para mim não é tão natural falar de sexo, o vejo como algo completamente íntimo e senti um certo constrangimento durante a leitura, principalmente quando me dava conta da idade de Melissa.

Talvez eu seja antiquada, cheia de pudores e tudo mais, e quem sabe essa leitura abou colaborando para a evolução de certos conceitos que eu já tinha definido. O que posso dizer com certeza, é que achei esta uma história triste, e que me fez perceber como o a falta de afeto e diálogo familiar pode influenciar de forma negativa a vida de um adolescete.
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

Um comentário :

  1. Como dissemos via twitter a leitura desse livro, que apesar de parecer, não é só sexo, traz um misto de sentimentos pra quem o lê.. Super aprovo a recomendação da Cris como também o recomendo! =)

    ResponderExcluir