26 agosto 2010

TEM QUE SER HOJE
Cris Compagnoni dos Reis10:38 0 comentários

Mais uma das minhas viagens pela literatura infanto-juvenil, e essa foi uma viagem que me proporcionou uma intensa nostalgia, saudades da minha adolescência.

TEM QUE SER HOJE é uma história curtíssima, em algumas publicações é apenas um conto, mas na que eu li ela ganhou o merecido status de um livro. Este me apresentou a Maria Amélia, uma garota decidida, determinada e que sabe o que quer; uma personalidade de fazer inveja.

No dia em que completa 14 anos ela acorda resolvida a fazer desta uma data especial, a transformar este dia no dia do seu primeiro beijo. Maria Amélia se arruma toda para ir à escola, pois ela tem que procurar o seu escolhido e conquista-lo antes do anoitecer.

A protagonista se envolve em muitas confusões para atingir o seu objetivo, toma atitudes desmedidas, mas se mantém focada; muitas situações engraçadas acontecem.


Maria Amélia procura pelo seu príncipe encantado na escola, na natação e até no ponto de ônibus; para quem a vê com maus olhos ela parece uma mulher já com certa idade e “encalhada” que faz de tudo para mudar o seu destino. Mas depois de muito correr atrás o tão esperado beijo não acontece, e depois de já ter desistido algo inesperado acontece com a determinada menina...
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

0 comentários

Postar um comentário