18 março 2010

OS DELÍRIOS DE CONSUMO DE BECKY BLOOM
Cris Compagnoni dos Reis20:42 0 comentários


Rebeca Bloom é extremamente consumista, uma daquelas pessoas que não pode ver uma promoção, uma liquidação, renovação de estoque ou qualquer coisa que as lojas possam criar para anunciar seus produtos, e viciada em cartões de crédito.

Roupas, calçados, perfumes, maquiagem e demais acessórios, basta ter uma etiqueta de alguma marca famosa para que Becky não resista e compre, mesmo não precisando, não tendo utilidade nenhuma para ela e, principalmente, não podendo comprar.

Ela é especialista em fugir de cobradores e especialmente do gerente do seu banco, inventa mil e uma desculpas e sempre promete pagar o que sabe que não vai conseguir e assim se enrolando cada vez mais em dívidas. O curioso desta história é que Becky trabalha em uma revista de economia escrevendo artigos que ajudam as pessoas a cuidar de suas finanças.



O livro é engraçado do início ao fim, a protagonista usa de artimanhas inimagináveis para satisfazer seus desejos de consumo. Sophie Kinsella consegue prender o seu leitor despertando nele a indignação frente os gastos de Rebeca, uma leitura leve com um vocabulário simples e direto e faz refletir sobre as futilidades da vida.

Além de ler o livro assisti ao filme homônimo nele baseado, porém este não recomendo, não sei se é por ter lido o livro antes e a história perdeu o encanto ou se não gostaria do filme mesmo sem ter conhecido a história antes. O que sei é dei tantas risadas com o livro e o filme foi totalmente sem graça.

Agora, depois de ver aonde Beck chegou com a sua compulsividade com as compras, o meu cartão de crédito ficará o mais longe possível de qualquer pessoa que seja o mínimo possível parecida com Rebeca Bloom.
Sobre o autor (a) Formada em Matemática e especialista em Estatística mas ganha a vida como bibliotecária e é viciada em livros. Facebook ou Twitter

0 comentários

Postar um comentário